IHM ainda não pagou as rendas de Janeiro

Entidade que gere os bairros sociais garantiu ao DIÁRIO que o atraso será regularizado até final do mês

17 Jan 2018 / 18:00 H.

A ‘Investimentos Habitacionais da Madeira’ ainda não pagou as rendas aos senhorios dos apartamentos com os quais a empresa que gere os bairros sociais do Governo Regional tem contrato com a finalidade de subarrendar às famílias carenciadas e que se encontram numa situação de emergência social.

Isso mesmo foi reportado ao DIÁRIO por um dos proprietários dos imóveis situados na Rua do Engenho de Mel, em São Martinho, com os quais a IHM celebrou um contrato de arrandamento para encontrar uma solução de alojamento provisório e imediato para as famílias que foram vítimas da aluvião de 20 de Fevereiro de 2010.

Normalmente, os pagamentos da prestação da renda é paga até ao dia 8 de cada mês, nos termos do regulamento da lei do arrendamento: “Pagar a renda no primeiro dia útil de cada mês, podendo cessar a mora no prazo de oito dias a contar do seu começo”.

Contudo, tal não aconteceu em Janeiro, um mês particularmente difícil em termos de liquidez para as famílias. Os senhorios alegam que foram apanhados desprevenidos com o incumprimento da IHM, lamentando que a empresa pública não tenha honrado os seus compromissos quando eles próprios têm encargos com o imóvel para suportar.

Contactada pelo DIÁRIO, a IHM confirma os atrasos mas adianta que os pagamentos aos senhorios já estão processados e serão efectuados ainda no decorrer do mês de Janeiro. De resto, a assessoria de imprensa da Secretaria Regional de Inclusão e Assuntos Sociais, que tutela da IHM, relativiza o problema: “esta é uma questão que não é nova, até porque já ocorreu em anos anteriores”.

Saiba mais na edição impressa de amanhã.

Outras Notícias