Falha foi do PSD Câmara de Lobos e não do secretariado do partido

Entrega tardia dos comprovativos de pagamento na origem da bronca

22 Dez 2017 / 15:18 H.

Afinal ainda pode dar muita polémica o caso das dezenas de militantes do PSD inscritos em Câmara de Lobos que não consta(va)m nos cadernos eleitorais que esta semana foram enviados pelo secretariado do partido na Região para a sede nacional do PSD.

A causa desta bronca terá estado na entrega tardia, na sede da Rua dos Netos, dos respectivos talões de pagamento que comprovam a actualização das quotas dentro do prazo para poder participar na escolha do próximo presidente social-democrata, nas directas de 13 de Janeiro.

Segundo foi possível apurar junto de fonte partidária, os talões de pagamento deste contingente câmara-lobense só foi entregue na sede do PSD/Madeira na quarta-feira ao final da tarde, ou seja, um dia depois do secretariado regional ter enviado para Lisboa a lista com os militantes com quotas pagas até ao fecho dos cadernos eleitorais (15 de Dezembro).

De acordo com o mesmo interlocutor, “a falha foi do PSD Câmara de Lobos e não do secretariado”, garante, reagindo assim à notícia ontem publicada, por considerar que a mesma “dá a entender que foi a secretaria do partido que andou a ‘encravar’, e não foi. O secretariado actuou com toda a lisura e transparência”, esclarece.

Além deste imbróglio causado pela falha de comunicação, o DIÁRIO sabe que as quotas em questão foram todas pagas em numerário, no mesmo banco e com a particularidade dos mais de 70 ou 80 talões correspondentes terem numeração sequencial. O que levanta a suspeita que terá sido paga por alguém e não por cada um dos militantes em causa, uma vez que não há relato de nenhuma ‘romaria’ de militantes ao dito banco.

Um pormenor relevante, porque segundo foi possível apurar, a candidatura de Rui Rio terá imposto, em nome da transparência, que só seriam aceites as quotas pagas por transferência bancária, de modo a evitar que alguém alheio o pudesse fazer por outro(s).

Outras Notícias