Carlos Pereira lamenta silêncio de Pedro Calado sobre proposta para a compra de ferry

15 Jan 2018 / 11:47 H.

O líder do PS-Madeira, Carlos Pereira, lamentou, esta manhã, em conferência de imprensa, na sede do partido, o facto de o vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, não querer comentar a proposta socialista para a aquisição de um navio para fazer a ligação marítima entre a Madeira e Continente.

“A proposta do Partido Socialista é, mais uma vez, uma ajuda para que o Governo resolva uma promessa que ainda cumpriu quase ao fim de três anos”, disse.

Nesse sentido, pediu que o vice-presidente explicasse “se a sua recusa tem a ver com a circunstância de em 2018 cerca de 84% do investimento público em obras será gasto apenas com duas empresas, a Tecnovia e a Afavias, como também quis saber se é esse tipo de investimento em betão que permite resolver os problemas dos madeirenses e permite de alguma forma cumprir as promessas que foram feitas há dois anos e meio”, questionou e acrescentou: “Parece evidente que o ferry é uma das questões que os madeirenses mais querem ver resolvido”.

Para além desta matéria, Carlos Pereira, que acredita que a Região poderá conseguir financiamento europeu para esta matéria, defendeu ainda a realização de um fórum para a discussão do próximo Quadro Comunitário de Apoio.

Tópicos

Outras Notícias