Aviso de agitação marítima sobe para laranja na quinta-feira

As ondas podem chegar aos 10 metros. O aviso laranja entra em vigor na Costa Norte e Porto Santo já amanhã

16 Jan 2018 / 08:23 H.

Subiu para laranja o aviso de mau tempo devido à agitação marítima para os próximos dias. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou a costa Norte da Madeira e o Porto Santo no segundo mais grave dos avisos meteorológicos devido às ondas que serão de Norte, com 5 a 6 metros, podendo chegar aos 10 metros de altura, alerta o IPMA, entre as 3 horas de quinta-feira e as 21 horas do mesmo dia.

Antes disso, e já a partir de amanhã pelas 15 horas, o mar vai continuar agitado, estando emitido um aviso amarelo para estas duas zonas a partir dessa hora, até às 3 horas de quinta-feira, com ondas de 4 a 5 metros. O aviso sobe depois para laranja como acima referido, e volta a diminuir para amarelo entre as 21 horas de quinta-feira e as 5 horas de sexta-feira.

Além da Madeira, sete distritos do continente estão sob aviso laranja devido à agitação marítima que se vai fazer sentir já a partir de amanhã. Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa vão estar sob aviso laranja entre as 12 horas de quarta-feira e as 12 horas de quinta-feira devido à previsão de ondas de Noroeste com 5 a 7 metros, podendo atingir os 9/11 metros de altura máxima.

Entretanto, toda a costa portuguesa vai estar a partir das 18 horas de hoje e até às 1 horas de quarta-feira sob aviso amarelo por causa da agitação marítima, prevendo-se ondas com 4 a 5 metros.

O aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, indica uma situação meteorológica de risco moderado a elevado. O aviso amarelo é emitido sempre que há situação de risco para determinadas actividades dependentes da situação meteorológica.

De acordo com informação disponível na página da Marinha Portuguesa, estão hoje fechadas à navegação as barras marítimas de Caminha, Esposende, Vila Praia de Âncora e Ericeira enquanto as barras de Póvoa de Varzim, Vila do Conde e São Martinho do Porto estão condicionadas.

Devido à agitação marítima, a Autoridade Marítima e a Marinha recomendaram, em especial à comunidade piscatória e da náutica de recreio que se encontra no mar, o eventual regresso ao porto de abrigo mais próximo e a adopção de medidas de precaução, bem como outras informações das capitanias dos portos sobre as condições de acesso aos portos, evitando sair para o mar até que as condições melhorem.

Em comunicado, a Autoridade Marítima Nacional e a Marinha aconselhou “a população em geral que até ao final de sexta-feira se abstenham da prática de passeios junto à costa e nas praias, bem como da prática de actividades lúdicas nas zonas expostas à agitação marítima, sendo essencial que assumam uma postura preventiva não se expondo desnecessariamente ao risco”.

É também recomendado aos pescadores lúdicos de pesca à cana para que assumam extrema cautela, evitando pescar junto às falésias e zonas de arriba nas frentes costeiras atingidas pela rebentação das ondas.

O IPMA prevê para hoje para a Madeira céu com períodos de muita nebulosidade, apresentando-se pouco nublado nas vertentes Sul, tornando-se muito nublado a partir do meio da tarde e com ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco, temporariamente moderada nas zonas montanhosas a partir do final da tarde.

O vento será moderado a forte (30 a 40 km/h) de Nordeste, com rajadas até 60 km/h no extremo Leste da ilha da Madeira, soprando forte (40 a 50 km/h) e com rajadas até 85 km/h, nas zonas montanhosas. A temperatura será de 21ºC, de máxima, e 15ºC de mínima.

Para o Funchal está previsto céu geralmente pouco nublado,´tornando-se geralmente muito nublado a partir do meio da tarde e com possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco. O vento será fraco (inferior a 15 km/h).

Hoje, na costa Norte as ondas são de Norte com 2 a 2,5 metros, passando a ondas de Nordeste com 2,5 a 3,5 metros. Na costa Sul, as ondas serão de Sueste com 1 a 1,5 metros, aumentando para 1,5 a 2,5 metros.

Outras Notícias