Pelo menos 25 mortos devido a queda de autocarro numa ravina, na Bolívia

22 Abr 2019 / 20:20 H.

Pelo menos 25 pessoas morreram na sequência de um acidente com um autocarro que caiu numa ravina na Bolívia, sendo já considerado o acidente mais grave desde o início do ano naquele país, segundo as autoridades.

“Estamos a tentar recuperar os corpos das vítimas e temos, até ao momento, o registo de 25 mortos e 24 feridos, que foram transferidos para diferentes instituições”, declarou o chefe da polícia de trânsito Fernando Rojas, citado pela agência noticiosa boliviana ANF.

O autocarro, que tentou ultrapassar um camião no domingo à noite, entrou em colisão frontal com um outro veículo, o que “provocou a perda de controlo e fê-lo [o autocarro] cair numa ravina de 200 metros”, indicou a chefe da polícia boliviana, Yuri Calderon, durante uma conferência de imprensa.

O acidente ocorreu a 90 quilómetros a norte da cidade La Paz, quando o autocarro se dirigia à Rurrenabaque, uma pequena cidade no norte da Bolívia.

O Presidente boliviano Evo Morales, em visita à Argentina, apresentou as suas condolências através da sua conta na rede social Twitter, onde escreveu: “Estamos muito tristes com o acidente que ocorreu entre La Paz e Yungas. As nossas condolências às famílias dos defuntos”.

Segundo a agência noticiosa France-Presse, este é o pior acidente na Bolívia desde o início do ano.

Em 19 de janeiro, 22 pessoas morreram na sequência de uma colisão frontal e, um mês depois, um acidente entre um camião e um autocarro provocou 24 mortos.

Tópicos

Outras Notícias