SESARAM espera contrato-programa com o Governo para admitir 160 enfermeiros

16 Jan 2019 / 12:28 H.

O secretário da Saúde garantiu, nesta manhã, que o SESARAM vai contratar, até ao final do primeiro trimestre deste ano, 80 enfermeiros. Para que isso aconteça, apenas falta a assinatura do contrato-programa de financiamento entre a Região e a gestora do serviço de saúde público. Os enfermeiros serão admitidos ao abrigo da reserva de recrutamento do último concursos para admissão.

Na fase seguinte, no segundo trimestre, serão contratados os outros 80 enfermeiros, com os quais ficarão admitidos os 400 a que o Governo se propôs contratar durante a actual legislatura.

O esclarecimento do Pedro Ramos foi feito, aos jornalistas, na abertura do I seminário “Nascer...Crescer...e Ser Feliz”, que decorre na Sala do Senado do Campus Universitário da Penteada (UMa), numa organização da Escola Superior de Saúde da Universidade da Madeira.

Isabel Fragoeiro, que preside a instituição, entre vários aspectos, falou dos perigos de isolamento, que as novas tecnologias representam, quando as crianças e adolescentes ficam demasiado tempo dedicadas em exclusivo a esse meios, em detrimento dos contactos presenciais, nomeadamente, com amigos e familiares.

No entanto, vincou, é necessário não diabolizar as novas tecnologias, que também têm muitos benefícios, como um rápido acesso à informação e o aproximar de pessoas que, de outra forma, não poderiam contactar.

No seminário estão inscritos 140 participantes. Os cursos de Enfermagem da UMa têm cerca de uma centena de alunos.

Outras Notícias