Pedro Calado defende ser urgente demonstrar importância do Centro Internacional de Negócios

05 Abr 2019 / 20:00 H.

“Sejam promotores da mensagem positiva sobre o Centro Internacional de Negócios da Madeira”, sugeriu Pedro Calado aos colaboradores da Iberotrade, uma empresa de viagens e turismo espanhola, sediada no Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM).

O vice-presidente do Governo Regional continua com a iniciativa ‘Empresas com Proximidade’, habitualmente às sextas-feiras e, hoje, aproveitou a visita para defender o CINM: “É lamentável que continuem a existir ataques, curiosamente sempre do mesmo quadrante político e mesmo de alguns que se dizem ser defensores do Centro quando o seu ‘modus operandi’ denuncia uma posição contrária, que prejudica a Madeira e os madeirenses”.

O governante acredita que é urgente continuar a demonstrar a importância estratégica e económica do CINM e do seu contributo para o desenvolvimento da Região e país. E disse ainda: “Estas visitas a estas empresas servem, também, para esse fim. Para além da oportunidade de conhecermos pessoalmente os seus projectos e de falarmos com os empresários e os trabalhadores, permite-nos passar lá para fora a inquestionável importância deste instrumento de promoção e desenvolvimento económico, dinamizador da empregabilidade e de captação de investimento e, consequentemente, gerador de importantes receitas fiscais que são fundamentais para a prestação de serviços públicos, nomeadamente nas áreas da educação e da saúde”, rematou.

Licenciada no CINM desde 1999, a Iberotrade emprega cerca de 40 pessoas, sobretudo madeirenses, operando a partir da Região para o mundo todo. México, Brasil, Jamaica e República Dominicana são os mercados mais fortes para a empresa.