Paulino Ascensão fala em “remendo mal aplicado” na Marina do Funchal

23 Jan 2019 / 19:03 H.

O coordenador regional do Bloco de Esquerda (BE), Paulino Ascensão, pediu hoje explicações à APRAM sobre as anunciadas obras na Marina do Funchal.

“A APRAM anunciou obras na Marina do Funchal que geram perplexidade entre os seus utentes. O prolongamento em trinta metros do cais Sul terá o efeito de diminuir a agitação no interior da Marina, mas funcionará como barreira para os sedimentos transportados pela Ribeira de São João, que ficarão depositados à entrada e no interior da própria Marina. É preciso lembrar que a agitação das águas no interior da Marina tornou-se um problema com a construção do Cais 8, uma construção de utilidade nula e que prejudica a operacionalidade de todo o porto e da Marina de recreio. Podemos estar perante mais um remendo mal aplicado que pretende mitigar as consequências negativas de um erro anterior – a construção do Cais 8 –, mas que pode originar novos problemas de assoreamento e justificar novas intervenções futuras”, justificou o bloquista.

“A APRAM deve dar mais explicações sobre esta opção, mostrar em que estudos se baseia, que outras soluções alternativas foram consideradas e demonstrar que esta solução que foi anunciada é a melhor”, concluiu Paulino Ascensão.