Há 20 anos, era noticiada a classificação da Laurissilva como património mundial

03 Dez 2019 / 15:01 H.

A 3 de Dezembro de 1999, o Diário de Notícias destacava, na primeira página, a decisão da UNESCO de classificar a floresta Laurissilva como Património Mundial da Humanidade. A delegação madeirense vinha de Marraquexe, em Marrocos, com um galardão que até hoje é destacado como exemplo da preservação da Natureza na Região. Bazenga Marques e Henrique Costa Neves eram os representantes da Madeira na reunião a UNESCO.

Na mesma edição, era noticiada a intenção de Jardim de distribuir ‘pelouros’ pelos membros da comissão política do PSD, com vista à organização dos painéis do congresso do ano seguinte, em Março. Miguel Albuquerque ficava com Cultura e Património, o que era visto como uma secção menor e que já indicaria as preferências do líder para a sua sucessão. Uma saída de Jardim que só aconteceria 15 anos mais tarde.

Tópicos

Outras Notícias