Dois casos positivos do Porto Santo estão clinicamente estáveis

08 Abr 2020 / 22:34 H.

O director do Centro de Saúde do Porto Santo, Rogério Correia, indicou esta quarta-feira que os dois casos positivos por covid-19 registados na Ilha Dourada “estão clinicamente estáveis” e que “as medidas de protecção indicadas pelas autoridades” estão “todas em prática e ajustadas à realidade” do Porto Santo. “A exemplo disso temos as regras de acesso à linha marítima”, garante.

“Esta semana deverá finalizar-se a quarentena dos contactos directos com os casos positivos. Pelas condições especificas que todos nós já reconhecemos da nossa ilha, existe a necessidade de reforçar os cuidados e não cometer qualquer erro desnecessário. Relembro que os contactos directos com os casos positivos prestam funções de atendimento ao público, associados aos Bombeiros e mesmo ao próprio Centro de Saúde do Porto Santo. Não pode haver riscos e é imperativo que sejam feitos testes, já disponíveis, aos contactos mais directos, para que não haja nenhuma surpresa, ao que este vírus já nos habituou”, alerta Rogério Correia.

O médico diz ainda que o Porto Santo “não tem transportes todos os dias e os resultados destes testes estão sujeitos à sua logística e organização” o que “naturalmente faz com que as quarentenas possam ter forçosamente mais alguns dias”. Por tudo isto, pede “mais um esforço” aos porto-santenses.

“Respeitem as medidas impostas pelo presidente do Governo Regional e pelo secretário da Saúde, que tudo têm feito para que a protecção à ilha do Porto Santo seja reforçada. Nesta Páscoa resguardem-se no vosso lar e comemorem esta época na cumplicidade e amor da vossa família, do vosso núcleo familiar exclusivamente”, conclui.