“Binter retomará os voos entre o Funchal e Porto Santo assim que as condições o permitam”

21 Mai 2020 / 21:34 H.

A companhia aérea Binter garante que “retomará os voos entre o Funchal e Porto Santo assim que as condições o permitam”. A declaração surge através de comunicado depois de várias críticas pela cessação do serviço de ligação inter-ilhas sem previsão breve de retoma.

“A Binter informa que se mantém em contacto com as autoridades competentes do Governo Regional da Madeira e do Governo da República para poder esclarecer e especificar os requisitos específicos exigidos pela Autoridade Regional de Saúde, em relação à declaração de interesse público da rota e aos protocolos de controlo e prevenção a implementar com as tripulações das aeronaves e os mecânicos que terão de se deslocar à Madeira para reiniciar a operação dos voos”, diz.

A companhia admite que cancelou a programação das suas rotas internacionais até ao início da época de Inverno, a finais do mês de Outubro, mas admite reabrir a rota Madeira-Porto Santo o mais rápido possível.

“A empresa pretende voltar a fazer ligação destas duas ilhas do Arquipélago da Madeira em breve, como tinha vindo a fazer até à súbita chegada da pandemia provocada pela Covid19, que obrigou todos os países do mundo a cancelar as ligações aéreas, marítimas e terrestres entre territórios”, admite.

“A Binter lamenta os transtornos que esta situação de força maior causou à população residente no Arquipélago e deseja transmitir o seu firme compromisso para com a região e para com a continuidade da rota”, conclui.

Criação de um corredor turístico Canárias-Madeira

No mesmo comunicado, a Binter diz estar a colaborar com os Governos das Canárias e da Madeira para promover um estudo que constate a viabilidade de estabelecer um corredor turístico seguro entre ambos arquipélagos para o Verão, no âmbito da acção recentemente definida pela União Europeia.