Albuquerque diz uma coisa e Calado outra sobre a venda de jornais

“Os quiosques vão continuar a vender revistas e jornais”, garantiu vice-presidente do Governo na ALM

30 Mar 2020 / 12:00 H.

“Os quiosques vão continuar a vender revistas e jornais”, garantiu, há pouco, Pedro Calado no Parlamento. O vice-presidente acrescentou que isso será possível desde que implementem um plano de contingência e limitem a entrada nos espaços.

Esta posição é, na prática, contraditória com o que disse, ontem, em conferência de imprensa, o presidente Miguel Albuquerque. Nessa ocasião, o governante disse que os quiosques só poderiam vender jornais se os entregassem no domicílio.

Pedro Calado, por diversas vezes, durante os trabalhos de hoje da ALM, reafirmou, em tom áspero, que o executivo não quer limitar o acesso à informação

Tópicos