Administração do SESARAM está de saída mas faz negócio de fotocópias para 4 anos

15 Out 2019 / 14:09 H.

O Conselho de Administração do Serviço Regional de Saúde (SESARAM) presidido por Tomásia Alves está de saída mas ontem mesmo assinou um contrato para o aluguer de equipamentos de fotocópias e impressão que vai vigorar ao longo dos próximos quatro anos, ou seja, durante todo o período da legislatura que agora está a iniciar-se.

O contrato publicado hoje no site base.gov.pt prevê que a empresa ‘Caldeira, Costa & Companhia’ disponibilize 302 equipamentos novos à empresa pública que gere os hospitais e centros de saúde. Por este serviço, o SESARAM vai pagar 352 mil euros (IVA já incluído), um valor calculado para a produção de quase 700 mil fotocópias.