Câmara do Funchal lança projecto educativo único na Região com agendamento anual de actividades infantojuvenis

17 Set 2019 / 17:57 H.

A Vereadora com o Pelouro da Educação na Câmara Municipal do Funchal, Madalena Nunes, apresentou esta tarde, no Teatro Municipal Baltazar Dias, o Projecto Educativo Municipal para o ano lectivo 2019/2020. O projecto agora lançado pelo Funchal é único na Região e é resultado de um trabalho conjunto entre as equipas educativas dos vários departamentos da CMF e de mediadores e artistas locais.

Madalena Nunes começou por referir, na ocasião, que “este é um projecto inovador, que deixa para trás o patamar de serviço educativo de cada departamento da Câmara Municipal do Funchal, para englobar, de forma holística, todo o trabalho desenvolvido pelo Município. É um projecto educativo comum e uma mostra das nossas ideias para ajudar a gerir a cidade e para termos cidadãos e cidadãs mais conscientes.”

“O Funchal é uma cidade educadora, e pertencendo à Rede Internacional de Cidades Educadoras, tem que se desenvolver de uma forma absolutamente intencional, isto é, usando a cidade como um laboratório vivo, um laboratório de aprendizagem, onde cada um de nós se pode formar, e pode também ajudar a formar os outros, porque todos somos importantes para a construção de uma melhor comunidade.”

A autarca salientou que este projecto mostra que a política educativa da Câmara do Funchal “está alinhada a conceitos como os objectivos de desenvolvimento sustentável, pelo que, não só trabalhamos as questões da igualdade, da justiça social, do ambiente, da educação, da arte e da cidadania, como trabalhamos tudo o que está previsto pela Agenda 2030.”

Por fim, a Vereadora vincou a importância do trabalho colectivo com as escolas e associações, incentivando-as a “usar o projeto educativo municipal, procurando as actividades que vão de encontro às suas necessidades, fazendo marcações junto da Autarquia e explorando a cidade, pois esta é uma Câmara permanentemente aberta à cidade.”

O novo documento educativo irá disponibilizar 99 actividades em 15 espaços municipais, as quais englobam ações de informação, conversas temáticas, peddy-pappers, oficinas, formação, visitas orientadas, exposições e visitas encenadas, que também estarão abertas ao público em geral, e permitirá o trabalho em parceria com associações regionais tais como a Nuvem Aquarela, Barro Cru, Associação Grupo de Amigos do Teatro, Conservatório – Escola Profissional de Artes da Madeira, Associação Teatro Bolo do Caco, Associação Casa Invisível, com o projecto poético-musical Vértice, com as artistas Cristiana de Sousa, Fátima Spínola e Valentina Ferreira e também com os técnicos da Câmara Municipal do Funchal.

As actividades previstas no Projeto Educativo Municipal decorrerão por diversos espaços geridos pela Autarquia, como o Parque Ecológico do Funchal, Museu de História Natural, Quinta do Poço, Estação de Biologia Marinha, Estação de Triagem e Transferência de Resíduos Sólidos, Teatro Municipal Baltazar Dias, Ludoteca do Parque de Santa Catarina, Polo de Leitura da Nazaré, Polo de Leitura de Santo António, Biblioteca Municipal do Funchal, Museu Henrique e Francisco Franco, Museu A Cidade do Açúcar, Câmara Municipal do Funchal e também em diversos estabelecimentos de ensino ou instituições.