Madeira

Pandemia atrasa conclusão do restauro dos tetos da Sé do Funchal em três meses

Foto Facebook
Foto Facebook

O prazo da conclusão das obras de restauro, conservação e iluminação dos tetos mudejáres da Sé do Funchal registará um atraso de três meses devido à paragem provocada pela pandemia da covid-19, indicou o Governo Regional da Madeira.

O secretário regional do Turismo e Cultura da Madeira, Eduardo Jesus, visitou hoje, no âmbito da celebração das Jornadas Europeias do Património 2020, os trabalhos de restauro dos tetos mudéjares da Sé do Funchal com mais de 500 anos.

Eduardo Jesus disse que a pandemia "fez parar as equipas, alongando o prazo em cerca de mais três meses", apontando para o terceiro trimestre de 2021 a conclusão da obra no valor de 1,6 milhões de euros.

O governante anunciou ainda que esta semana foi lançado o concurso para a iluminação dos tetos mudejáres.

A secretaria promove, na segunda-feira, às 15 horas, a apresentação 'online' dos trabalhos de conservação e restauro dos tetos mudéjares e, no dia seguinte, visitas guiadas entre as 12 e as 17 horas, para pequenos grupos de cada vez.

A participação nas visitas guiadas é gratuita sendo necessário realizar uma inscrição através do 'e-mail' [email protected]

Fechar Menu