Bas Dost bisa em Chaves e coloca o Sportig de novo na luta pelo título

12 Mar 2018 / 21:44 H.

Um ‘bis’ de Bas Dost deu hoje a vitória ao Sporting frente ao Desportivo de Chaves, em jogo da 26.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, voltando os ‘leões’ à luta pelo título.

Bas Dost, lançado na segunda parte do encontro, inaugurou o marcador aos 62 minutos e bisou aos 86, tendo a equipa da casa ainda reduzido de grande penalidade por Platiny, aos 90+1.

No arranque da jornada, os ‘leões’ estavam a oito pontos dos comandados de Sérgio Conceição, mas os ‘dragões’ caíram no domingo em casa do Paços de Ferreira, perdendo por 1-0 e sofrendo a primeira derrota para o campeonato, o que permitiu que o Benfica fechasse a jornada a dois pontos e, agora, o Sporting a cinco.

Relativamente ao último jogo, frente ao Tondela, Luís Castro fez duas alterações no ‘onze’ com Nuno André Coelho e Perdigão a entrarem para os lugares de Domingos Duarte e Matheus Pereira, impedidos de jogar por estarem emprestados pelos ‘leões’.

Já Jorge Jesus fez quatro alterações, com destaque para a estreia a titular de Misic.

Tal como antecipou Luís Castro, o Desportivo de Chaves entrou a jogar “olhos nos olhos” frente a um Sporting “demasiado” na expectativa.

E, aos 11 minutos, William, sozinho na pequena área, diante uma defesa totalmente passiva, teve nos pés a primeira grande ocasião do encontro, mas Rui Patrício faz uma enorme defesa.

Sempre que ganhava a bola, a equipa de Trás-os-Montes era mais rápida e objectiva, perante um Sporting com um ritmo de jogo baixo que permitia ao adversário para-lo com facilidade.

Os ‘leões’ despertaram para o perigo e assumiram o comando tendo, um minuto depois, Ricardo segurado um cabeceamento fraco de Montero.

Apesar de os comandados de Jorge Jesus estarem mais dominantes, instalados no meio-campo e terem mais posse de bola, as suas movimentações não resultavam, perante um emblema ‘azul-grená’ seguro defensivamente e a jogar em transições, mas raramente com perigo.

Quando o jogo estava lento, previsível e sem grande vertigem ofensiva, com nenhuma equipa a acelerar, o Sporting, aproveitando um erro de Nuno André Coelho, vê Gelson Martins a disparar forte para uma enorme defesa de Ricardo.

Antes do intervalo foi a vez do Desportivo de Chaves assustar os comandados de Jorge Jesus com William a chegar atrasado a um cruzamento rasteiro de Perdigão e a permitir a Rui Patrício recolher a bola.

O Desportivo de Chaves regressou do balneário a pressionar, a roubar bolas e a tentar constantes cruzamentos, colocando dificuldades aos ‘leões’.

Contudo, Rúben Ribeiro, a passe de Gelson, atira ao lado e, de seguida, Nuno André Coelho protagoniza um grande remate, penalizando um mau alívio da defesa, e vê Rui Patrício defender para canto.

Aos 56 minutos, Jorge Jesus lançou Bas Dost na partida que veio transfigurar o jogo e que assinou o primeiro golo do encontro de cabeça, dando a melhor sequência a um grande trabalho de Rúben Ribeiro.

Sem baixar a pressão, Bryan Ruiz atira com a bola a rasar o poste e, depois, Battaglia e Coates também não conseguiram concretizar.

Aos 77 minutos, a equipa da casa desperdiça uma oportunidade soberana por Davidson, que depois de tirar o guardião leonino do caminho, vê Battaglia fechar a baliza e evitar o empate.

Depois deste susto, Bryan Ruiz remata colocado, mas Ricardo voou para defender para canto.

O segundo golo do Sporting surgiria de um erro de Platiny que perde a bola para Battaglia que, depois, serve Bast Dost para golo fácil.

Em desvantagem, a equipa da casa ainda reduziu de grande penalidade por Platiny, nos últimos minutos.