Morreu o coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril

Lisboa /
31 Mar 2020 / 19:08 H.

A Câmara Municipal de Estremoz, no distrito de Évora, prestou hoje homenagem ao coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril de 1974, que morreu aos 86 anos.

A morte do coronel Luís Fernando Andrade de Moura, que ocorreu no dia 23 deste mês, foi hoje divulgada pelo município de Estremoz, que em comunicado presta homenagem ao militar e apresenta condolências à família.

O coronel Andrade de Moura comandou o Esquadrão de Reconhecimento do Regimento de Cavalaria 3 (RC3) de Estremoz, que participou nas movimentações militares que derrubaram a ditadura.

Na manhã do dia 25 de Abril de 1974, foi sob o comando do então capitão Andrade de Moura que o Esquadrão do RC3 se dirigiu a Lisboa, até ao quartel do Carmo, “onde foi conseguida a rendição do Presidente do Conselho, Marcelo Caetano, e proclamada a Liberdade”, lembra o município alentejano.

O coronel Andrade de Moura, que nasceu a 06 de maio de 1933, foi uma “importante figura da nossa história contemporânea” e uma pessoa que sempre esteve ligada ao Regimento de Cavalaria 3 e à cidade de Estremoz, sublinha a autarquia.