Investigadores do Instituto Superior Técnico produzem viseiras impressas em 3D para hospitais

Lisboa /
24 Mar 2020 / 19:21 H.

Uma equipa de investigadores do Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, liderada por Paulo Peças e Marco Leite do Departamento de Engenharia Mecânica, desenvolveram e estão a produzir viseiras para protecção de infecção por coronavírus, por impressão 3D. As viseiras produzidas e montadas serão entregues a hospitais.

“Estas viseiras já foram testadas e validadas por profissionais de saúde”, garante a Universidade em nota de imprensa.

Para além das instalações do Técnico, todas as instituições que tenham impressoras 3D estão a ser convidadas a juntarem-se à iniciativa e a entregarem as viseiras para distribuição, estando o código para produção da armação disponível no website.

“Perante o estado de pandemia em que nos encontramos, e havendo falta de material de protecção em especial para profissionais de saúde que estão em constante contacto com doentes infectados, quisemos de imediato pôr os nossos conhecimentos e capacidades técnicas ao serviço da sociedade”, refere o investigador responsável pelo projecto Paulo Peças, que espera “contribuir de alguma forma para a mitigação do contágio, em especial de médicos, enfermeiros e outros profissionais, cuja integridade física é fundamental para conseguirmos fazer frente a esta situação”.