Estado de emergência poderá prolongar-se até 17 de Maio em Portugal

09 Abr 2020 / 11:57 H.

O Jornal Económico avança que o primeiro-ministro português admitiu, junto dos líderes dos partidos políticos com representação parlamentar, a possibilidade do estado de emergência, em Portugal, prolongar-se até 17 de Maio, ou seja, poderá vir a ser renovado mais duas vezes. Contudo, para além dessa data “não é visto como sendo exequível pelo Governo”, escreve o semanário, isto atendendo ao forte impacto económico pelo qual o país já está a atravessar.

António Costa, que passou ontem o dia inteiro em reuniões ganham força depois das declarações de Marcelo Rebelo de Sousa, que na terça-feira já vaticinava o futuro para o país. “Se queremos ganhar a liberdade em maio, no sentido do regresso progressivo à normalidade, há que ganhar em abril o mês de maio, mantendo o esforço”, disse o presidente da República, adiantando que não haveria condições para a reabertura das escolas em Abril, como será confirmado esta quinta-feira, no final da reunião do Conselho de Ministros.