Assunção Cristas renuncia ao mandato de deputada mas fica na AR até ao congresso

Lisboa /
18 Out 2019 / 08:22 H.

A líder demissionária do CDS-PP, Assunção Cristas, vai renunciar ao mandato de deputada, mas ficará na Assembleia da República até ao próximo congresso, em 25 e 26 de janeiro de 2020, foi hoje anunciado.

O anúncio foi feito por Assunção Cristas no arranque do conselho nacional do CDS, na sede do partido, em Lisboa, informou o secretário-geral do partido, Pedro Morais Soares.

A líder centrista anunciou também aos conselheiros que vai manter-se como vereadora do partido na Câmara Municipal de Lisboa, para que foi eleita nas autárquicas de 2017.

Tópicos