Polícia francesa ameaça parar controlos durante quarentena

26 Mar 2020 / 17:43 H.

Um conjunto de sindicatos da polícia francesa fez esta quinta-feira “um aviso solene” ao ministro do Interior, Christophe Castaner, que podem parar os controlos durante a quarentena caso não tenham acesso a máscaras de proteção.

“Se os meios de proteção faltarem nos serviços, os polícias farão apenas as missões realmente urgentes e não vão fazer mais controlos durante o confinamento”, lê-se num comunicado conjunto de vários sindicatos dos vários escalões profissionais da polícia francesa.

Cerca de 100 mil polícias e polícias militares estão a efetuar controlos por todo o país verificando se as pessoas que circulam nas estradas e nas cidades têm justificações válidas.

Na quarta-feira, devido à falta de máscaras generalizadas em todo o país, o ministro do Interior anunciou ter doado parte do ‘stock’ das máscaras destinadas à polícia aos profissionais de saúde que estão nos hospitais.