Médicos dizem que escalas da Urgência podem estar em risco

26 Fev 2020 / 21:02 H.

Os médicos que contestam Mário Pereira na direcção clínica do SESARAM acabam de afirmar que as escalas para o Serviço de Urgência podem estar em risco.

Reunidos mais uma vez na sede da Ordem dos Médicos na Madeira, solicitam uma reunião urgente com o presidente do Governo Regional, para que o problema seja solucionado.

O cirurgião Filomeno Paulo, ex-presidente do Conselho de Administração do SESARAM, foi o porta-voz do encontro que juntou directores de serviços e coordenadores de unidades hospitalares.

Tópicos