Fecho do aeroporto e proibição de circulação entre concelhos também se aplicam na Região

Garantia foi dada ao DIÁRIO pelo Representante da República para a RAM

02 Abr 2020 / 20:12 H.

As medidas anunciadas pelo primeiro-ministro António Costa, no âmbito da prorrogação do estado de emergência em Portugal, vão aplicar-se também na Região. A confirmação foi dada ao DIÁRIO pelo gabinete do Representante da República para a Região Autónoma da Madeira. Ireneu Barreto é quem tem os poderes de executar o estado de emergência na Região.

Tal como tem vindo a ser avançado ao longo da tarde, as novas medidas incluem o encerramento dos aeroportos e a proibição de deslocações para fora do concelho de residência, entre os dias 9 e 13 de Abril.

Os cidadãos que tiverem de circular entre concelhos durante esses dias, deverão fazer-se acompanhar por uma declaração emitida pela entidade empregadora. Caso contrário, por exemplo, um residente em Santa Cruz fica impedido de se dirigir ao Funchal.

A Polícia de Segurança Pública e a Guarda Nacional Republicana serão responsáveis por fiscalizar o cumprimentos destas medidas.