Desobediência já causou um detido na Madeira

25 Mar 2020 / 07:00 H.

Registou-se a primeira detenção por fuga a quarentena na Madeira. Esta é a notícia que faz manchete na edição impressa de hoje do DIÁRIO de Notícias. A PSP deteve, na tarde de ontem, por desobediência ao regime de isolamento social imposto pelo Estado de Emergência vigente devido à covid-19 uma cidadã no centro do Funchal. A idosa regressou recentemente do Brasil e estava sinalizada pela autoridade de saúde, mas não respeitou a quarentena e acabou por ser levada pelas autoridades.

Ainda no que concerne à pandemia por Covi-19, ontem, o IASAÚDE revelou que a Madeira já registou o primeiro caso de transmissão local, com o número de infectados a subir para 16. Metade dos doentes já se encontra no domicílio.

Com a obrigatoriedade de apresentar justificação para viajar nos voos (cada vez mais reduzidos) da TAP entre a Madeira e o continente, a Saúde foi obrigada a criar um ‘link’ no site da transportadora para facilitar o processo aos passageiros.

Hoje, fique também a saber que ‘Lisboa’ não atende chamadas da Madeira. O Vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, queixa-se da falta de resposta do Governo da República e insiste na suspensão da Lei das Finanças Regionais, no dia em que o executivo regional vai apresentar as medidas concretas de apoio às famílias e empresas. Certo é que 18 mil inquilinos/agregados familiares, não vão pagar renda à Investimentos Habitacionais da Madeira até Junho próximo.

No que se refere à Educação, os pais e alunos podem ficar descansados já que as notas do 2.º período lançadas nas plataformas digitais. A Secretaria de Educação já fez chegar às escolas os procedimentos a adoptar e os professores vão fazer avaliação dos alunos à distância.

Tudo isto para ler, e muito mais, hoje com o seu DIÁRIO. Acompanhe a jornada informativa ao longo de todo o dia na plataforma multimédia e esteja atento a mais um DIÁRIO do Coronavírus, uma vez mais, ao fim de tarde.