FPF cancela campeonatos de futebol dos escalões de formação

27 Mar 2020 / 16:55 H.

Os campeonatos de futebol e futsal dos escalões de formação da época 2019/20 foram hoje cancelados pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), devido à pandemia da covid-19.

“Devem dar-se por concluídas as competições nacionais de todos os escalões de formação de futebol e futsal, masculinas e femininas, não resultando das mesmas qualquer efeito desportivo imediato”, anunciou hoje em comunicado a FPF, acrescentando que “não serão atribuídos títulos nas referidas competições, nem aplicado o regime de subidas e descidas”.

Esta decisão decorre do entendimento de que “a prioridade de pais, avós, filhos e netos deve ser, obviamente, a de se dedicarem à proteção uns dos outros e às exigências escolares, em nome do direito à proteção da saúde”, atendendo ao atual estado de emergência.

O Benfica liderava a fase de apuramento do campeão de juniores, após quatro das 14 jornadas, com 12 pontos, mais três do que o Rio Ave.

Em juvenis, as ‘águias’ venceram a série sul e o FC Porto a série norte, que antecedia a fase final, enquanto nos iniciados os ‘dragões’ eram os primeiros a norte, o Anadia no centro e o Sporting no sul.

Benfica e Sporting dividiam a liderança da fase de apuramento de campeão do Nacional de juniores em futebol feminino, após uma jornada.

O cancelamento dos campeonatos nacionais de futebol e futsal dos escalões de formação, masculinos e femininos, é acompanhado pelas “22 associações distritais e regionais que vão igualmente dar sem efeito as suas competições destinadas aos escalões de formação de futebol e futsal”.

“A decisão agora tomada visa proteger a população, especialmente os jovens e as crianças que amam o futebol, salvaguardando-os e a todos os seus familiares de perigos bem presentes. Desta forma, assegurar-se-á o valor primordial da saúde e o desenvolvimento desses jovens e crianças, em segurança e estabilidade possíveis”, lê-se ainda no comunicado da FPF.

As competições nacionais dos escalões de formação tinham sido suspensas por duas semanas, em 10 de março, dois dias antes de a FPF ter decidido suspender todas as competições, incluindo as seniores, que assim permanecem.

“A situação provocada pela pandemia de covid-19 continuará a ser monitorizada pelo grupo de emergência criado pelo presidente da FPF, que poderá rever - ampliando ou reduzindo - as medidas agora implementadas”, remata o organismo.