‘Caravelas portuguesas’ voltam a dar à costa na zona da Formosa

23 Mai 2020 / 15:40 H.

O avistamento de ‘caravelas portuguesas’ nas praias da Madeira e dos Açores tem sido frequente. Este sábado não é excepção, com especial incidência na zona da Formosa, mais concretamente na Praia Nova.

Também na Doca do Cavacas, como a maré está cheia já foram avistadas (e retiradas) caravelas portuguesas da ‘piscina natural.

O projecto Gel Avista, que faz a monitorização do avistamento de organismos gelatinosos nas praias nacionais indica a presença de ‘caravelas portuguesas’ no Lido, Calhau de São Jorge, Calheta, Baía dos Juncos, Praia Formosa e Calhau de São Vicente.

De recordar que, ontem, tal como o DIÁRIO noticiou, dois jovens ficaram ‘feridos’ após serem surpreendidos por caravelas portuguesas quando foram a banhos na Praia Formosa.

Estes organismos podem provocar queimaduras, pois têm tentáculos com um veneno potencialmente urticante e perigoso. Por isso, não deve esfregar a área afectada, nem lavar com água doce ou álcool ou aplicar compressas. Em causa de ser atingido por um tentáculo, deve lavar com água do mar e retirá-lo com cuidado, usando luvas. No caso da caravela-portuguesa deve aplicar vinagre.