Sabe a diferença entre limpeza e desinfecção?

A limpeza é um processo muito importante nas nossas vidas. Afinal, um ambiente limpo garante saúde e bem estar. Saiba a diferença e a importância!

13 Jun 2018 / 09:00 H.

Limpar bem os locais exige conhecimento na escolha dos produtos e técnicas mais adequadas a cada ambiente, pois a sujidade encontrada numa banheira é diferente daquela existente em cima de nossa mesa de trabalho. E, assim como há diferença de sujidades, há também diferença entre limpeza e desinfecção.

A higienização destina-se à redução da proliferação de bactérias, vírus e fungos. Na limpeza de uma superfície estamos simplesmente a remover os detritos visíveis, a sujidade e poeiras e, desta forma, a higienização de uma superfície torna-a apenas livre de sujidade visível e assim poderá estar a colocar a sua saúde em risco!

A desinfecção de uma superfície “eliminará” os organismos microscópicos, conforme reivindicado no rótulo de um determinado produto.

Os dois processos promovem a eliminação de sujidade, vírus e bactérias, mas cada qual numa percentagem diferente.

Vamos a cada um deles:

Limpeza:

este processo é a primeira etapa de uma completa eliminação dos focos de doenças. Normalmente executada com um produto multiusos, água e um esfregão/esfregona, a limpeza elimina a sujidade aparente e promove uma higienização de 95% dos antígenos nos ambientes, em superfícies diversas.

Desinfecção:

é a segunda etapa do processo de eliminação dos vírus e bactérias, quando se utiliza produtos desinfectantes específicos. Nesse momento, é possível alcançar 98% de higienização. A limpeza de forma individual sempre contribuirá favoravelmente para a saúde porque os alérgenos e microorganismos estão a ser removidos das superfícies do ambiente interno. O problema, no entanto, é o risco de contaminação cruzada. A solução de limpeza e as ferramentas de limpeza podem estar espalhando doenças na ausência de um germicida.

Quando limpamos, reduzimos apenas o número de bactérias presentes, mas não actuamos nada sobre vírus e fungos. A redução das populações de um agente infeccioso em superfícies ambientais é exponencialmente melhor quando é feita uma desinfecção.

Processo de higienização:

O processo de higienização compreende as seguintes fases:

1. Limpeza prévia (força física e remoção de detritos);

2. Limpeza profunda (aplicação de detergente para remover matéria orgânica e inorgânica, respeitando as dosagens e o tempo de acção prescrito);

3. Enxaguamento;

4. Desinfecção (quando aplicável e respeitando sempre as indicações de dosagens, tempo de contacto e modo de aplicação);

5. Enxaguamento;

6. Secagem.

A Seta Verde Higiene, Lda. possui uma oferta variada de produtos de limpeza da sua marca registada Biosoluções e sistemas de higiene e limpeza, adequados aos diferentes sectores de actividade (Cozinha – Housekeeping – Lavandaria – Automóvel & Oficinas entre outros), conjugando o aumento da rentabilidade, a diminuição dos custos e o aumento da produtividade.

Através da prestação de serviços de formação & consultadoria em limpeza profissional podemos contribuir para uma melhor eficácia e rentabilidade dos recursos humanos.

Contacte-nos para mais informações:

Telefone:+291 930 500

E-mail: biosolucoes@setaverde.pt

Consulte https://www.exterminio.pt/pdfs/setaverde.pdf para conhecer os nossos produtos e serviços.

Boas Limpezas!

Outras Notícias