Morreu Carlos Barroso, secretário-geral da Fundação Mário Soares

Lisboa /
22 Mai 2020 / 09:45 H.

O secretário-geral da Fundação Mário Soares, Carlos Barroso, morreu na quinta-feira, segundo nota colocada no ‘site’ da instituição.

Carlos Barroso era sobrinho de Maria Barroso, a mulher do antigo Presidente da República Mário Soares.

“É com profundo pesar que o Conselho de Administração da Fundação Mário Soares, ao qual se associam os seus colaboradores, comunica o falecimento do Doutor Carlos Barroso, Secretário-Geral da Fundação. A excecionalidade da competência profissional manifestada ao longo de 24 anos de dedicação à Fundação, em particular o seu rigor, a ética, o sentido de compromisso institucional e a qualidade humana, merece ser justamente reconhecida”, lê-se na nota divulgada na noite de quinta-feira.

João Soares, ex-deputado do PS e antigo presidente da Câmara de Lisboa, lamentou também a morte de Carlos Barroso numa nota colocada na rede social Facebook.

“Um enternecido último abraço ao Carlos, amigo de toda a vida. Companheiro dos bons e dos maus momentos. Solidário. Terno sobrinho da minha mãe, o que sempre me tocou muito. Colaborador muito próximo, até ao fim, de meu pai. A quem foi de uma dedicação e lealdade intocada. Às vezes em momentos difíceis cuja memória me emociona”, lê no texto de João Soares.

O velório realizou-se na quinta-feira e a cremação ocorrerá às 12:00 de hoje, no cemitério do Alto de São João, embora o respetivo acompanhamento das cerimónias esteja reservado aos familiares mais próximos devido à covid-19.