República Democrática do Congo há 37 dias sem novos casos de Ébola

O fim da epidemia poderá ser declarado em 12 de Abril se não houver novos casos da doença

25 Mar 2020 / 19:35 H.

A República Democrática do Congo (RDCongo) está há 37 dias sem registos de novos casos de Ébola e o último doente confirmado teve alta em 3 de Março, de acordo com o mais recente relatório sobre esta epidemia.

“Não foram registados novos casos de infecções pelo vírus do Ébola desde 17 Fevereiro”, adianta o relatório do centro regional para África da Organização Mundial de Saúde (OMS), que reúne os dados reportados até 22 de Março.

De acordo com o mesmo documento, a última pessoa confirmada como doente de Ébola teve alta em 3 de Março, depois de ter dado negativo para o vírus duas vezes.

A OMS aponta ainda que as últimas 46 pessoas que estavam a ser monitorizadas por terem estado em contacto com doentes de Ébola terminaram este período em 9 de Março.

A organização alertou, contudo, que se mantém um “risco muito alto” de reaparecimento do vírus e reemergência da doença, defendendo que “é crítico” manter activos os mecanismos de prevenção e resposta para detectar rapidamente eventuais novos casos, bem como prosseguir com a monitorização e o apoio médico aos sobreviventes.

Desde que foi declarada a epidemia de Ébola na RDCongo, em Agosto de 2018, foram registados 3.453 casos de infecção pelo vírus do Ébola e 2.273 mortes.

Esta epidemia é a segunda mais mortífera do Ébola de que há registo, sendo apenas ultrapassada pela que atingiu a África Ocidental, entre 2014 e 2016, e matou mais de 11.300 pessoas.

O fim da epidemia poderá ser declarado em 12 de Abril se não houver novos casos da doença.