Turistas passeiam pelo Funchal em ‘período de quarentena’

14 Mar 2020 / 15:15 H.

São sobretudo turistas que ocupam as ruas do Funchal neste período de contingência devido à pandemia de coronavírus.

Embora o Mercado dos Lavradores tenha registado hoje uma afluência inferior ao habitual, com menos pessoas a fazer compras após o apelo das Autoridades de Saúde ao isolamento social, tal não inibiu os turistas de sair à rua nas principais artérias da capital madeirense. Pelo menos para já...

Recorde-se que o presidente do Governo Regional anunciou, na conferência de imprensa que decorreu esta manhã na Quinta Vigia, que “qualquer passageiro a desembarcar na Madeira e Porto Santo fica em quarentena ou isolamento social obrigatório”. Medida esta que entra em vigor a partir da meia-noite de hoje.

Esta quarentena obrigatória surge uma vez que o Governo Regional aguarda autorização da República para cessar voos nos aeroportos da Madeira e Porto Santo. Miguel Albuquerque disse ainda que serão tomadas outras medidas para evitar contaminações, sendo que estas estão incluídas na declaração do estado de alerta.

Para já, na Madeira não existem casos positivos de coronavírus, confirmou ainda o líder do Governo. Os dois casos suspeitos anunciados ontem, tiveram resultados negativos.

O número de casos confirmados em Portugal de infecção pelo novo coronavírus, subiu hoje para 169, mais 57 do que os contabilizados na sexta-feira, e os casos suspeitos são agora 1.704.