Problema na saúde não é Mário Pereira mas a possibilidade do coronavírus entrar na Madeira, diz Pedro Ramos

27 Fev 2020 / 10:58 H.

O secretário regional da Saúde e Protecção Civil, Pedro Ramos, revelou que o Governo Regional está a dialogar com todos os directores de serviço que estão descontentes com a nomeação de Mário Pereira para a direcção clínica do SESARAM, com o objectivo de chegarem a um acordo e de trazer “ maior serenidade” à área da saúde. O governante disse mesmo que, neste momento, o problema na saúde não é Mário Pereira, mas sim a possibilidade do novo coronavírus ‘entrar’ na Madeira.

“As tentativas de diálogo continuam a decorrer, ontem falei com uma série de colegas e na sexta-feira também o irei fazer”, revelou à margem da iniciativa dinamizada no âmbito do Programa de Saúde Oral, na Escola Básica do Primeiro ciclo com Pré- escolar, Ribeiro Domingos Dias.

Apesar de ontem os directores de serviço terem voltado a pedir a demissão de Mário Pereira, o governante acredita que serão encontradas soluções com base no diálogo.

“Estamos a falar com mais de três dezenas de directores de serviço e falamos de uma forma presencial. Não são encontros de cinco minutos, mas encontros onde falamos do serviço regional de saúde e daquilo que foi conquistado nos últimos quatro anos, assim como aquilo que pretendemos conquistar nesta legislatura com o novo Governo da Região Autónoma da Madeira”, afirmou.