Novo caso positivo de covid-19 na Região é de um jovem que regressou do Reino Unido

07 Abr 2020 / 18:39 H.

O novo caso positivo registado esta terça-feira na Madeira é de um jovem, na faixa etária entre os 10-19 anos, residente no concelho de Santa Cruz, que regressou do Reino Unido a 16 de Março. Trata-se, assim, de um novo caso importado, conforme explicou a vice-presidente do IASAÚDE, Bruna Gouveia, na habitual conferência de imprensa de actualização do boletim diário dos números da covid-19 na Região. “Cumpria quarentena desde a sua chegada”, acrescentou. “Foi acompanhado pelas autoridades de saúde desde essa altura e após ter apresentado sintomas inespecíficos já a 23 de Março, veio a desenvolver sintomas característicos e foi diagnosticado, então, durante o dia de ontem”, explicou Bruna Gouveia.

“Nos jovens os sintomas são muitas vezes menos específicos, então essa quarentena foi prolongada e durante a última semana os sintomas tornaram-se mais característicos, sendo aí feito o teste”, garantiu Bruna Gouveia. “O acompanhamento da autoridade de saúde durante os 14 dias são fundamentais, pelo que podem prolongar o período de quarentena para verificar se é, ou não, um caso suspeito”, observou, alertando para algumas excepções perante alguns casos.

“Um ciclo de incubação pode não ser suficiente”, lembrou Pedro Ramos, também presente na conferência de imprensa, destacando assim o facto de, neste caso, a sintomatologia ter surgido mais tarde. O secretário regional da Saúde e Protecção Civil disse ainda que um teste a este jovem no final da primeira quarentena não teria sido a melhor opção, já que ainda não apresentava aí sintomatologia. “Fazer testes em massa em casos que não são suspeitos porque não têm sintomas, de facto não nos vão conduzir a lado nenhum”, acrescentou Pedro Ramos.

Passam a ser 49 os casos positivos identificados na Madeira, mas um deles já recuperado, nomeadamente de uma turista holandesa que, entretanto, já regressou ao seu país de origem.

Quanto aos dois doentes que se encontram hospitalizados, mantêm-se nas duas unidades de internamento dedicadas à covid-19 no Hospital Dr. Nélio Mendonça (um no internamento normal, outro na unidade de cuidados intensivos).

Até ao momento, 305 casos foram negativos, 11 aguardam resultados laboratoriais, num total de 365 casos suspeitos já estudados na Região desde 29 de Fevereiro.

Neste momento 518 pessoas estão em vigilância activa, três dos quais profissionais de saúde, e o oito bombeiro do Porto Santo. 312 pessoas encontram-se em alojamento designado, a cumprir quarentena obrigatória: 27 no Hotel Praia Dourada, 3 na Quinta do Lorde e 282 no Hotel Vila Galé.

Em vigilância passiva estão identificada 246 pessoas. Em relação à Linha SRS24 mantém-se a tendência de diminuição. Nas últimas 24 horas foram efectuadas 57 chamadas, num total de 5.363 desde o início da operacionalização da linha.