“Não é aceitável a discriminação social” dos doentes com covid-19

27 Mar 2020 / 19:01 H.

Pedro Ramos referiu, esta sexta-feira, que “não é aceitável discriminação social” das pessoas testadas positivas à covid-19. “Todos aqueles doentes que possam ter testes positivos até agora podem ser seguidos com segurança e tranquilidade, respeitando todas as normas. Todas essas pessoas não devem ser objecto de discriminação social”, referiu o secretário regional da Saúde e Protecção Civil na habitual conferência de imprensa relativa ao boletim do IASaúde.

“Podemos continuar a ser solidários mesmo nesta pandemia de covid-19. Não devemos esquecer que 80% destes doentes podem estar no domicílio e não podem ser discriminados”, sublinhou. “São pessoas que dentro de poucos dias vão ter os seus testes negativos, esta é uma fase”, referiu ainda Pedro Ramos.

O secretário regional da Saíde e Protecção Civil deixou ainda outra garantia: “Os planos B e C para possíveis situações futuras estão a ser ponderados e pensadas, no sentido de que os recursos humanos e materiais possam ser utilizados de uma forma sustentada e no momento próprio”.

Tópicos