Governo Regional assinala Dia Mundial do Teatro através da Internet

27 Mar 2020 / 13:58 H.

O Governo Regional, através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura, continua a manter os seus museus com actividades online, tal como o DIÁRIO publica hoje na sua edição impressa, para proporcionar às famílias e às crianças a divulgação do acervo e espólio dos seus espaços.

Esta sexta-feira, 27 de Março, o Universo de Memórias de João Carlos Abreu, o Arquivo e Biblioteca Pública e o Museu de Fotografia da Madeira- Atelier Vicente´s, partilham nas suas plataformas digitais, memórias do teatro madeirense.

O Universo de Memórias recorda a participação de João Carlos Abreu, ex-secretário regional do Turismo, como autor, no Teatro Baltazar Dias , na peça ‘La Nonna’, da responsabilidade do grupo de amadores ‘Contigo Teatro’. Em Junho de 2008, fez parte do elenco da peça ‘A Ceia dos Cardeais’ e mais tarde, em 2014, a bordo do Lobo Marinho, participou na peça ‘Todo o Mundo é Ninguém’. Estas participações, complementadas por textos introdutórios, estão disponíveis no facebook do museu: https://www.facebook.com/universodememorias/

Por sua vez, o Museu de Fotografia da Madeira, assinala o Dia Mundial do Teatro com a publicação de imagens dos antigos cenários do Teatro D. Maria Pia (actual Teatro Municipal Baltazar Dias), captadas entre 1888 e 1905. Nas imagens do acervo do museu, podem ser observados os cenários de outrora, bem como acessórios e zonas do teatro e plateia:

https://www.facebook.com/mfmvicentes/

O Arquivo e Biblioteca Pública da Madeira disponibiliza, na sua plataforma, algumas fotografias do Teatro Baltazar Dias, desde a sua construção, até à montagem de cenários. O Arquivo coloca, também para consulta, manuscritos de peças de teatro da dramaturga Maria Eugénia Rego Pereira em https://arquivo-abm.madeira.gov.pt/details?id=119526

Eduardo Jesus, Secretário Regional de Turismo e Cultura, aproveita esta efeméride para “homenagear os profissionais e amadores ligados ao teatro”, recordando a sua participação nas festividades do Turismo, nomeadamente, nas exibições de teatro de rua, nos quadros vivos e na criação do Amo-TEatro. Para o governante, esta recolha feita pelos museus, acima referidos, vem “proporcionar ao público a consulta de documentos e registos fotográficos que marcam a história do teatro na Madeira”.