Programa Abem cria fundo de emergência para aquisição de medicamentos

País /
25 Mar 2020 / 17:13 H.

A Associação Dignitude, promotora do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, lançou a ‘Emergência abem: Covid-19’, uma iniciativa que visa “levar saúde a todos os que precisam”.

“Temos de garantir que os mais frágeis continuam a aceder aos medicamentos, produtos e serviços de saúde de que precisam no momento em que lhes é pedido para não saírem de casa”, explica Maria de Belém Roseira.

A embaixadora da Associação Dignitude esclarece que a iniciativa pode ser alargada a novos beneficiários, referenciados por entidades parceiras locais como Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, IPSS, Cáritas e Misericórdias. Ou seja, a “pessoas que, no momento actual, apresentam necessidades específicas, decorrentes da pandemia do novo coronavírus e do Estado de Emergência declarado no dia 18 de Março”.

Para responder a este desafio foi criado o Fundo Emergência abem: Covid-19, “para o qual todos os portugueses são convidados a contribuir, na certeza de que todos os donativos efectuados são exclusivamente utilizados na aquisição de medicamentos, produtos e serviços de saúde para quem mais precisa”.

É possível ajudar através de um donativo efectuado no website da Associação ou por transferência bancária (para o IBAN PT50.0036.0000.99105930085.59).

O Fundo arranca com um primeiro donativo da Associação Dignitude e da Fundação AGEAS, que contribuem com 25.515,58 euros.

“Apelamos à solidariedade dos portugueses”, diz Maria de Belém Roseira. “Estamos a travar uma batalha à escala global a que ninguém pode ficar indiferente. Todos somos afectados pela pandemia COVID-19 e todos somos poucos para dar resposta a esta situação”, sublinha.

De referir ainda que esta iniciativa é apoiada pela Portugal Inovação Social, através de Fundos da União Europeia.