Covid-19 mata actor da saga ‘Star Wars”

01 Abr 2020 / 00:03 H.

O ator da saga cinematográfica “Guerra das Estrelas” Andrew Jack, de 76 anos, morreu hoje em Inglaterra vítima do novo coronavírus, revelou o seu agente, citado pela agência AP.

O ator, que também trabalhava como treinador de sotaques e dialetos para cinema, morreu num hospital de Surrey, sudoeste de Inglaterra, indica um comunicado do agente Jill McCullough.

“Andrew morava numa das casas flutuantes mais antigas do Tamisa. Ele era ferozmente independente, mas loucamente apaixonado pela mulher, também treinadora de dialetos”, disse McCullough.

No cinema, Andrew Jack participou em “Guerra das Estrelas: O Despertar da Força”, de 2015, e “Guerra das Estrelas: Os últimos Jedi”, de 2019, como general Caluan Ematt, bem como em “Han Solo: Uma História de Star Wars”, de 2018.

A sua mulher Gabrielle Rogers, que está em quarentena na Austrália devido à pandemia, escreveu nas redes sociais: “Andrew Jack foi diagnosticado com coronavírus há dois dias. Ele não teve dores e partiu pacificamente, sabendo que a sua família estava com ele”.

Os passageiros que chegam à Austrália são obrigados a ficarem isolados em hotéis durante duas semanas.

Entre os “alunos” de Andrew Jack na aprendizagem de dialetos para interpretação de papéis no cinema estão nomes como Robert Downey Jr. e Chris Hemsworth.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 828 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 41 mil.

Dos casos de infeção, pelo menos 165 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.