Miguel Albuquerque acompanhou gravações de aulas à distância

15 Abr 2020 / 18:07 H.

O Governo Regional informa, através de um comunicado de imprensa, que o presidente, Miguel Albuquerque, deslocou-se hoje, dia 15 de Abril, ao Liceu Jaime Moniz, para acompanhar as gravações do projecto intitulado ‘Telensino: Estudar Com Autonomia’ e contactar com os professores e elementos da equipa do Núcleo de Multimédia da Secretaria Regional de Educação envolvidos no mesmo.

Uma visita que não foi comunicada à comunicação social de uma forma prévia para que pudesse esclarecer algumas dúvidas sobre o teleensino.

Nesse mesmo comunicado, recorda que o projecto corresponde ao modelo definido pelo Governo Regional para o ensino à distância, especificamente dirigido aos alunos do ensino secundário Madeira.

“O projecto inovador conta com a colaboração da RTP Madeira, que emitirá, a partir de segunda-feira, 20 de abril, quatro horas diárias – entre as 9 e as 13 horas – de conteúdos de 20 disciplinas, em sessões de 30 minutos”, explica.

Revela ainda que o presidente do Governo Regional enalteceu “o empenho dos professores e dos técnicos da Secretaria Regional de Educação, assim como da RTP Madeira, permitindo que, neste contexto de excepção, os jovens da Madeira e Porto Santo continuem a apreender conteúdos pedagógicos da maior importância, não só para a conclusão do ano lectivo, mas também na preparação e capacitação para os exames nacionais”.

Adianta também que no projecto ‘Telensino: Estudar Com Autonomia’ estão envolvidos 24 professores de diversas disciplinas, designadamente Português, Matemática, Geografia, Filosofia, Física, Química, Biologia, Economia e História.

Destaca ainda que Miguel Albuquerque sublinhou o facto de estarmos perante um projecto desenvolvido e executado pela Secretaria Regional de Educação – recursos humanos e equipamentos –, só possível devido ao investimento realizado a nível das novas tecnologias.

Lembra que, no que concerne ao 1º, 2º e 3º Ciclos, quer da rede pública, quer particular, os alunos são incentivados a acompanhar conteúdos pedagógicos disponibilizados pela RTP Memória, de acordo com as indicações dos seus professores, ao abrigo das medidas anunciadas a nível nacional relativamente às condições de finalização do ano lectivo 2019/2020.

Conclui, dizendo que os alunos que frequentam o 12.º ano, de acordo com as decisões nacionais, apenas realizarão exames finais nacionais nas disciplinas que elejam como provas de ingresso para efeitos de concurso nacional de acesso ao ensino superior, nos prazos e condições que venham a ser estabelecidos.