Prevenção aos motoristas de transportes públicos

26 Mar 2020 / 02:00 H.

    Agradeço a todos aqueles que estão a trabalhar, a lutar para todos nós nesta situação grave.

    Venho por este meio dar uma opinião que acho que os motoristas dos transportes públicos têm pouca protecção tendo em conta que transportam muitas pessoas em 24h, mesmo sendo número reduzido mas num dia é muita gente. Claro que melhor era não circular mas temos de pensar nas pessoas que estão ainda a trabalhar. Principalmente colocar uma protecção provisório ao lado do motorista virado para quem entra no autocarro, um vidro nem precisa ser vidro outro material que proteja os motoristas. Eles têm a porta do outro lado para sair e os passageiros de momento não compram bilhetes. Ou seja não estão em contacto físico com o passageiro. Este meio é para proteger dos espirros, da tosse que por vezes os passageiros não têm cuidado de colocar o braço na boca. E outras coisas mais como já vi deitar o fumo do cigarro ao pé do motorista. As companhias de transportes públicos têm as suas oficinas penso que não deverá ser difícil de colocar uma protecção e futuramente retirar essa protecção.

    Quem não precisa de andar de autocarro fique em casa fique bem. Pense em si e nos outros.

    Carla Escórcio