PCP pede adiamento de audição de Carlos Pereira

09 Out 2018 / 21:45 H.

O PCP pediu o adiamento da audição no Parlamento, agendada para esta quarta-feira, de Carlos Pereira, nome indicado pelo Governo para o conselho de administração da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), de acordo com o Observador.

A escolha do deputado socialista, e ex-líder do PS Madeira, para vogal do conselho do regulador da energia está a causar polémica, daí este pedido do PCP. Já esta terça-feira, um dia depois de ter sido conhecida a decisão do Governo, o deputado do CDS, Pedro Mota Soares, pediu a presença do ministro da Economia que tem a tutela da energia no Parlamento para explicar a escolha do Carlos Pereira.

O deputado madeirense foi avaliado pela Comissão de Recrutamento e Selecção para a Admissão Pública (CReSAP) e recebeu um parecer bastante positivo, com a indicação de ‘Adequado’ para as funções de vogal do conselho de administração.