Parlamento solidário com populações afectadas pela tempestade ‘Leslie’

19 Out 2018 / 12:51 H.

O parlamento foi hoje unânime na aprovação de um voto de solidariedade para com as populações afectadas pelos efeitos da tempestade Leslie, sobretudo na região centro do país, no passado fim-de-semana.

A passagem do furacão Leslie por Portugal, no sábado e domingo, onde chegou como tempestade tropical, provocou 28 feridos ligeiros e 61 desalojados, originando mais de 2.000 ocorrências comunicadas à Proteção Civil. Dos 61 desalojados, 57 são do distrito de Coimbra.

A Protecção Civil mobilizou 8.217 operacionais, que tiverem de responder a 2.495 ocorrências, sobretudo queda de árvores e de estruturas e deslizamento de terras.

Na Figueira da Foz, uma rajada de vento atingiu os cerca de 176 quilómetros por hora no sábado à noite, valor mais elevado registado em Portugal, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

A EDP Distribuição declarou, no domingo, o Estado de Emergência para o distrito de Coimbra, o mais grave previsto no seu plano de actuação, e admitiu recorrer a meios internacionais para reparar os danos causados pela tempestade tropical Leslie, uma vez que dezenas de milhares de consumidores ficaram sem energia eléctrica.

Tópicos