Eurodeputada madeirense Liliana Rodrigues no Congresso do Partido Socialista Europeu em Lisboa

Lisboa /
08 Dez 2018 / 14:56 H.

A eurodeputada madeirense Liliana Rodrigues participou no XI Congresso do Partido Socialista Europeu (PSE), que se realizou entre os dias 7 e 8 de Dezembro, em Lisboa. Para além da apresentação formal das prioridades socialistas para as próximas eleições europeias, o Congresso ficou marcado pela apresentação do candidato do partido a presidente da Comissão Europeia, o holandês Frans Timmermans.

A eurodeputada socialista vê com bons olhos a escolha de Frans Timmermans para liderar a campanha socialista às europeias: “Tem provado, ao longo deste mandato como vice-presidente da Comissão, que poderá ser o líder que a Europa precisa”, referiu Liliana Rodrigues, acrescentado que, “numa altura em que precisamos de combater o populismo, o nacionalismo e os avanços da extrema-direita, e de nos adaptarmos aos desafios da digitalização, da globalização e das alterações climáticas, o Partido Socialista Europeu encontra-se pronto para liderar a mudança na Europa e depositamos toda a nossa confiança no nosso candidato, Frans Timmermans”.

No âmbito do Congresso, Liliana Rodrigues participou ainda de uma reunião com o PSE Local, estrutura que agrega os eleitos locais e regionais dos partidos membros do Partido Socialista Europeu.

A eurodeputada abordou os desafios da política de coesão para o pós-2020 e apontou para os objectivos futuros. “A política de coesão deve continuar a desempenhar o papel que tem desempenhado desde a sua criação, de principal política da UE e de instrumento fundamental para reduzir as disparidades de desenvolvimento entre as regiões europeias”, afirmou Liliana Rodrigues.

Na capital portuguesa, a eurodeputada participou ainda numa reunião extraordinária com a secção das mulheres do PSE e de um ‘Go Local’, uma iniciativa com a Juventude Socialista Europeia que teve o objectivo de debater o futuro da União.

O XI Congresso do Partido Socialista Europeu encerrou este sábado, com as intervenções do Primeiro-ministro, António Costa, e do candidato socialista a Presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans.

O congresso contou ainda com a presença dos primeiros-ministros de Espanha, Pedro Sánchez, de Malta, Joseph Muscat, e da Eslováquia, Peter Pellegrini, do líder do Partido Trabalhista do Reino Unido, Jeremy Corbin, da representante para a política externa e segurança europeia, Federica Mogherini, bem como do líder parlamentar socialista no Parlamento Europeu, Udo Bullman.