Bombeiros realizam hoje em Lisboa encontro nacional para exigir mudanças

22 Set 2018 / 12:56 H.

Bombeiros voluntários realizam-se hoje, na Praça do Comércio, em Lisboa, um encontro nacional para exigir mudanças no setor e as mesmas condições dos restantes agentes da proteção civil.

Organizado por uma comissão denominada ‘respeito e dignidade para os bombeiros portugueses’, o encontro nacional termina com a entrega de um caderno reivindicativo no Ministério da Administração Interna (MAI).

Paulo Pinto, um dos membros da comissão, disse à agência Lusa que os bombeiros portugueses querem que o Governo “comece a olhar para os bombeiros de forma diferente”, sublinhando que anseiam há muito tempo por mudanças e que os bombeiros querem “ter as mesmas condições de todos os outros agentes de proteção civil”.

O representante da comissão sustentou que não se reveem na forma como a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) atua perante as necessidades do setor, além de não terem votado para a LBP.

Os associados da LBP são as associações humanitárias de bombeiros e para a sua eleição votam os presidentes de direção e os comandantes.

Entre as principais reivindicações a entregar ao MAI está a criação de um sistema de saúde adequado aos bombeiros, entrega de mais dois equipamentos de proteção individual para combate a incêndios, investimento em veículos de combate e estruturas e dotar a Escola Nacional de Bombeiros de meios financeiros e humanos para que a formação seja uma realidade.

Aumento do valor de compensação atribuída aos bombeiros que integram o dispositivo especial de combate a incêndios rurais e alteração da lei orgânica da Autoridade Nacional de Proteção Civil que permita a criação de uma estrutura de comando autónoma dos bombeiros são outros pontos do caderno reivindicativo.

A comissão “respeito e dignidade para os bombeiros portugueses’ surgiu de um grupo de bombeiros voluntários que esperam que a luta chegue a todo o país.

Tópicos