Bombeiros profissionais de todo o país manifestam-se hoje por “uma aposentação digna”

Lisboa /
22 Mai 2019 / 08:58 H.

Bombeiros profissionais de todo o país manifestam-se hoje em Lisboa contra as novas regras de aposentação e para mostrarem um “cartão vermelho” à proposta aprovada pelo Governo que coloca “em risco a integridade física” desta classe.

Organizada pela Associação Nacional de Bombeiros Profissionais e Sindicato Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP/SNBP), a manifestação tem como lema a “luta por uma aposentação justa e digna”.

O protesto acontece depois do Governo ter aprovado, a 09 de maio, o decreto-lei referente à aposentação dos bombeiros sapadores e dos bombeiros municipais, que segundo a ANBP/SNBP, aumenta para os 60 anos a idade de reforma.

De acordo com a ANBP/SNBP, os bombeiros profissionais não aceitam esta intenção e querem a pré-reforma aos 55 anos, como acontece com as forças de segurança.

A concentração, que está marcada para as 16:00, decorre entre Santos e a Assembleia da República, onde uma delegação de ANBP/SNBP vai entregar um memorando ao presidente da Assembleia da República.

A organização estima que estejam presentes na manifestação algumas centenas de bombeiros, entre municipais e sapadores, bem como elementos da Força Especial de Bombeiros, operadores de comunicações do centro nacional de operações e socorro e dos comandos distritais e bombeiros profissionais das associações humanitárias.

O Governo também aprovou, a 09 de maio, o estatuto dos bombeiros profissionais, que vai permitir uma carreira única e ordenados iguais para sapadores e municipais.