António Costa não comenta candidatura de Luís Montenegro à liderança do PSD

Évora /
11 Jan 2019 / 18:29 H.

O primeiro-ministro, António Costa, escusou-se hoje a comentar a candidatura de Luís Montenegro à liderança do PSD, por não pretender “tratar da vida interna dos outros partidos” e querer concentrar-se na “resolução dos problemas dos portugueses”.

“Não vou tratar da vida interna dos outros partidos. Aquilo que me incumbe é concentrar-me na resolução dos problemas dos portugueses”, afirmou o chefe do Governo, em declarações aos jornalistas, no final da apresentação do projecto de financiamento do novo Hospital Central do Alentejo, em Évora.

Luís Montenegro anunciou hoje que está disponível para ser “de imediato” candidato à liderança do partido, desafiando Rui Rio a marcar eleições directas já e a apresentar a sua própria candidatura.

Questionado pelos jornalistas, António Costa respondeu que esteve em Évora para “lançar o Hospital Central do Alentejo, que é uma necessidade importantíssima para a cidade, para a região, para os alentejanos e para todos aqueles que visitam esta região”.

“É nisso que tenho de estar concentrado eu e o Governo é em resolver os problemas do país é para isso que vamos trabalhar”, acrescentou.