Reino Unido confirmou 13 casos de coronavírus em 7.132 pessoas testadas

26 Fev 2020 / 16:21 H.

O Reino Unido registou até agora 13 casos de coronavírus, designado Covid-19, entre 7.132 pessoas testadas, mas oito já tiveram alta, afirmou hoje o ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, que admitiu esperar “mais casos” no país.

Dos cinco casos positivos, quatro chegaram com os 32 britânicos e europeus que foram repatriados no fim-de-semana do cruzeiro ‘Diamond Princess’, que estava atracado em Tóquio em regime de quarentena.

Um número ainda não especificado de britânicos encontra-se entre centenas de turistas retidos num hotel em Tenerife onde foi identificado um caso de coronavírus.

Na semana passada, 115 pessoas tiveram alta, após passar duas semanas em “isolamento assistido” em instalações designadas pelas autoridades britânicas.

“Nós temos um plano claro de quatro pontos para responder ao surto desta doença: Conter. Atrasar. Investigar e Atenuar. Estamos a tomar todas as medidas necessárias para reduzir o risco para o público”, afirmou o ministro na Câmara dos Comuns.

Foi criado um centro de isolamento no aeroporto de Heathrow, em Londres, o mais movimentado no país, e testes disponibilizados em hospitais e centros de saúde no resto do país.

“O sistema nacional de saúde está a testar um grande número de pessoas que regressou dos países afetados, a grande maioria dos quais apresentou resultado negativo”, vincou Matt Hancock.

As autoridades britânicas alargaram ao norte de Itália, onde foi registado um grande número de casos nos últimos dias, o conselho para que sejam evitadas viagens e para que quem regresse daquela região e apresente sintomas se auto-isole.

Hoje, a petrolífera norte-americana Chevron ordenou aos cerca de 300 empregados em Londres para que trabalhem de casa porque um dos trabalhadores manifestou sintomas após o regresso de um dos países com um grande número de casos de coronavírus e outras empresas tomaram também medidas preventivas.

Porém, o ministro salientou que o governo ainda não determinou o encerramento de escolas, apesar de quatro estabelecimentos no Reino unido terem decidido fechar durante uma semana porque alunos e funcionários estiveram no norte de Itália durante as férias da semana passada.

O balanço provisório da epidemia do coronavírus Covid-19 é de pelo menos 2.763 mortos e cerca de 81 mil infetados, de acordo com dados reportados por mais de 40 países e territórios.

Das pessoas infetadas, quase 30 mil já recuperaram.

Além de 2.717 mortos na China, onde o surto começou no final do ano passado, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália Coreia do Sul, Japão, Filipinas, França e Taiwan.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência de saúde pública de âmbito internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão nos últimos dias.