Número de mortos aumenta para quatro em tiroteio em Estrasburgo

11 Dez 2018 / 22:34 H.

O número de mortos no tiroteio que ocorreu hoje na cidade francesa de Estrasburgo, perto da zona onde ocorre o Mercado de Natal, subiu para quatro, existindo ainda mais de dez feridos, anunciam os meios de comunicação social local.

O ministro do Interior francês, Christophe Castaner, afirmou que o autor dos disparos está identificado pelas autoridades e tem antecedentes criminais.

Fontes policiais referem que o atirador foi ferido antes de fugir, existindo também informações de trocas de tiros num bairro de Estrasburgo para onde o suspeito se terá dirigido após o tiroteio.

A Procuradoria abriu uma investigação por homicídio e tentativa de homicídio relacionada com uma organização terrorista, assim como por associação terrorista.

Entretanto, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, manifestou já solidariedade ao seu homólogo francês, Emmanuel Macron e repudiou “este episódio de violência”.

Numa nota publicada no ‘site’ da Presidência da República é referido que, “ao tomar conhecimento do ataque que hoje teve lugar em Estrasburgo, o Presidente da República endereçou uma mensagem de solidariedade ao Presidente Emmanuel Macron”.

De acordo com a nota, Marcelo Rebelo de Sousa “expressou ainda a fraternal amizade de Portugal para com a França neste momento difícil, vincando o mais firme repúdio por este episódio de violência, e sublinhando a importância da unidade europeia na defesa dos valores que unem as sociedades livres e democráticas”.

Tópicos