Morreu Paul Allen, cofundador da Microsoft

EUA /
16 Out 2018 / 09:13 H.

Paul Allen, cofundador com Bill Gates, em 1975, do grupo norte-americano de informática Microsoft, morreu na segunda-feira aos 65 anos, vítima de cancro, anunciou a família, em comunicado.

“O meu irmão era uma pessoa notável sob todas as perspetivas”, declarou a sua irmã Jody, em declaração divulgada hoje pela empresa Vulcan, fundada por Allen, também conhecido pelas suas ações filantrópicas, em particular no campo da saúde.

No início deste mês, Paul Allen revelou que o cancro a que estava a ser tratado desde 2009 tinha regressado.

Ávido fã de atividades desportivas, Allen era dono da equipa de basquetebol Portland Trail Blazers e da de futebol americano Seattle Seahawks.

Allen e Gates fundaram a Microsoft Corp. em 1975. O grande salto da empresa ocorreu em 1980, quando a IBM decidiu apostar nos computadores pessoais. A IBM pediu então à Microsoft que fornecesse o sistema operacional.

A decisão lançou a Microsoft para o trono da tecnologia e os dois nativos de Seattle tornaram-se multimilionários. Mais tarde, ambos dedicaram-se à filantropia.

Ao longo de várias décadas, Allen deu mais de dois mil milhões de dólares (1,7 mil milhões de euros) para uma vasta área de interesses, incluindo a saúde dos oceanos, os sem-abrigo e a promoção da investigação científica.

Outras Notícias