Mais de 250 empresas analisam mudança para a Holanda devido ao ‘Brexit’

Europa /
23 Jan 2019 / 17:01 H.

As autoridades holandesas declararam hoje estar em contacto com mais de 250 empresas estrangeiras sobre uma mudança do Reino Unido para a Holanda devido à saída daquele país da União Europeia (UE).

O governo holandês está actualmente “em contacto com mais de 250 sociedades interessadas numa mudança para a Holanda devido ao ‘Brexit’”, disse à agência France Presse Michiel Bakhuizen, o porta-voz da Agência do Investimento Estrangeiro da Holanda (NFIA, na sigla em inglês).

“Cada nova chegada de uma empresa, grande ou pequena, é um sucesso”, congratulou-se, após o anúncio feito hoje de que a multinacional japonesa Sony vai transferir a sede europeia do Reino Unido para a Holanda devido aos problemas que o ‘Brexit’ poderá causar nas operações.

Um outro grupo japonês, Panasonic, tomou uma decisão semelhante o ano passado, devido a preocupações a nível fiscal.

Bakhuizen indicou que o número de empresas com as quais o NFIA está em contacto tem vindo a aumentar. “No início de 2017 eram 80. No início de 2018, 150. E actualmente há mais de 250”, precisou.

“Esta subida vai continuar e não é surpreendente, por reina uma grande incerteza no Reino Unido. E se há algo nefasto para uma empresa é a incerteza”, adiantou.

A NFIA, que assegurou que não fará qualquer comentário sobre casos “individuais” como o da Sony, deverá divulgar em meados de Fevereiro o número total das empresas que trocaram o Reino Unido pela Holanda em 2018 devido ao ‘Brexit’.