Irão vai fechar escolas na cidade onde começaram as infecções

Irão /
22 Fev 2020 / 15:02 H.

O Irão vai fechar escolas, universidades e centros educativos em duas cidades, incluindo em Qom (centro), onde foram registados os dois primeiros casos e mortes por coronavírus no país, anunciou hoje o canal de televisão estatal.

A partir de domingo, esses estabelecimentos em Qom e Arak (centro) ficarão fechados entre dois dias e uma semana.

O número total de mortes provocadas pelo coronavírus Covid-19 no Irão é já de cinco pessoas, depois de ter sido anunciado hoje mais uma vítima mortal e 10 novos casos, totalizando 28 infectados.

Desde que foi detectado no final do ano passado, na China, o coronavírus Covid-19 provocou mais de 2.345 mortos e infectou mais de 76 mil pessoas a nível mundial.

A maioria dos casos ocorreu na China, em particular na província de Hubei, no centro do país, a mais afectada pela epidemia.

Além das vítimas mortais no continente chinês, morreram cinco pessoas no Irão, três no Japão, duas na região chinesa de Hong Kong, duas na Coreia do Sul, uma nas Filipinas, uma em França, uma em Taiwan e uma em Itália.

As autoridades chinesas isolaram várias cidades da província de Hubei para tentar controlar a epidemia, medida que abrange cerca de 60 milhões de pessoas.