Incêndio paralisa produção da maior refinaria da Petrobras no Brasil

Brasil /
20 Ago 2018 / 15:24 H.

A petrolífera estatal brasileira Petrobras interrompeu hoje a produção da sua maior refinaria no país depois de um incêndio, que já está controlado e não provocou feridos.

O incêndio ocorreu na refinaria Paulina (Replan), localizada no estado de São Paulo, que tem uma capacidade de processamento de 434 mil barris de óleo por dia, o que corresponde a 20% da refinação de petróleo do Brasil.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio ocorreu numa das caldeiras da refinaria por volta da 1 hora (5 horas Lisboa) e as chamas foram controladas em menos de uma hora.

Após o incidente, a Petrobras informou num comunicado que nenhum dano maior foi registado e que a produção foi suspensa, como forma de prevenção.

A empresa também referiu que uma comissão será criada para investigar as causas do incêndio.

A Petrobras é a maior empresa do Brasil, controlada pelo Estado, mas com acções negociadas nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque e Madrid.

Após quatro anos consecutivos de perdas, em 2018 a petrolífera estatal alcançou o seu melhor resultado semestral nos últimos sete anos e reduziu 13% da sua dívida em dólares desde o final do ano passado.

O bom resultado surge após quatro anos consecutivos de balanços negativos, causados pela maior recessão do Brasil em décadas, pela queda acentuada do preço do petróleo e por um gigantesco escândalo de corrupção que levou ao aumento da dívida da companhia.

Apesar dos bons resultados financeiros no semestre, a produção de petróleo e gás natural da Petrobras sofreu uma redução de 4% nos primeiros seis meses do ano.